Weintraub anuncia saída do Ministério da Educação

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, participa do primeiro culto de Santa Ceia de 2020 da Frente Parlamentar Evangélica do Congresso Nacional.

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou nesta quinta-feira que está deixando o cargo. O anúncio, que já era esperado há alguns dias devido ao desgaste do ministro com o Supremo Tribunal Federal (STF), foi feito em um vídeo publicado em redes sociais, em que Weintraub aparece ao lado do presidente Jair Bolsonaro. O ministro afirmou que não irá comentar as causas da saída e disse que irá assumir um cargo no Banco Mundial. É a 12ª troca no ministério de Bolsonaro.

— Sim, dessa vez é verdade. Eu estou saindo do MEC. Vou começar a transição agora. Nos próximos dias passo o bastão ao ministro que vai ficar no meu lugar, interino ou definitivo. Neste momento, eu não quero discutir os motivos da minha saída. Não cabe. O importante é dizer que eu recebi o convite para ser o diretor de um banco. Eu já fui diretor de um banco no passado. Volto ao mesmo cargo, porém no Banco Mundial — disse Weintraub.

O ministro afirmou que foi uma “honra” participar do governo e que irá “continuar lutando pela liberdade”: — Agradeço a honra que foi participar do seu governo, e desejo toda a sorte e sucesso nesse desafio gigante que é salvar o Brasil. Vou continuar lutando pela liberdade, só que vou continuar de outra forma.”

Fonte/O Globo

%d blogueiros gostam disto: