Secretário do Meio Ambiente apresenta ações para amenizar os efeitos da estiagem no RS

O secretário do Meio Ambiente e Infraestrutura do RS, Artur Lemos Júnior, apresentou as ações adotadas pelo governo do Estado para amenizar os efeitos da estiagem durante um encontro virtual promovido pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental na quarta-feira (17).

“Desenvolvimento está atrelado à preservação ambiental. Para enfrentarmos uma situação severa de estiagem como a que estamos vivendo, também é necessário desenvolver o Estado para buscarmos soluções a curto, médio e longo prazo. Está na hora de pensarmos em políticas públicas perenes, não apenas um projeto, mas sim um programa que tenha continuidade em todas as gestões, envolvendo governo e sociedade. Muito já foi feito, mas ainda temos muito a entregar”, afirmou.

O secretário disse que uma série de medidas emergenciais foram tomadas ainda no início deste ano, quando começou o agravamento da estiagem, priorizando o abastecimento de água para consumo humano. Entre as primeiras iniciativas adotadas, ocorreu a suspensão das captações no rio Gravataí por parte das indústrias, ainda no mês de fevereiro.

Segundo ele, também foi implementado o uso de caminhões-pipa, e novas iniciativas para o enfrentamento da estiagem devem ser anunciadas nas próximas semanas.

“Ainda temos o Programa de Revitalização de Bacias, que contará com recursos de R$ 4 milhões provenientes do Ministério de Desenvolvimento Regional, e uma contrapartida extra do Estado. Nesse programa, planejamos, por exemplo, a recuperação de nascentes e mata ciliar”, destacou o secretário.

Sobre ao Plano Estadual de Saneamento, Lemos afirmou: “Vamos entregar este plano para a população ainda nesta gestão”.

Fonte/ Portal O Sul

%d blogueiros gostam disto: