RS poderia ter quase 500 leitos a mais para casos de coronavírus, diz coordenador da bancada gaúcha

Coordenador da bancada federal gaúcha, o deputado federal Giovani Cherini (PL/RS) afirmou, na tarde desta segunda-feira (22), que o Rio Grande do Sul poderia ter quase 500 leitos a mais para tratamento de casos de Covid-19. “Em cem dias, em Porto Alegre, foram habilitados apenas 77 leitos. Por que não foram habilitados os leitos que a bancada gaúcha disponibilizou junto ao Ministério da Saúde, que foram 624 leitos?” Só 134 foram habilitados, “faltando 490 para o Estado”, segundo o parlamentar durante a 12ª edição do Fórum de Combate ao Colapso Social e Econômico, coordenado pelo presidente da Assembleia Legislativa, Ernani Polo (PP).

A habilitação dos leitos é considerada fundamental pelo coordenador da bancada para reforçar o sistema de saúde e evitar o fechamento de atividades no território gaúcho. “É hora de a gente não perder nenhum emprego mais, de não falar mais em fechar, de ter a sensibilidade de tomar outros caminhos. Tenho números mostrando que o coronavírus no RS está estabilizado. Sei que a doença é perigosa, mas não se pode exagerar nas restrições, pois a economia precisa ser retomada. Temos leitos de UTIs habilitados, com vagas sobrando. A velocidade da fome e da miséria, sim, que está crescendo, com a redução da atividade econômica”, afirmou Cherini, avaliando que, com esses leitos em operação, não seria mais necessário aplicar bandeira vermelha.

O presidente da Assembleia defendeu a habilitação de novos leitos e sugeriu foco na conscientização da população para os cuidados básicos que ajudam a reduzir a disseminação do coronavírus, como usar máscaras, higienizar com frequência as mãos e evitar aglomerações. “Temos que trabalhar isso, da mesma forma como a questão da habilitação de leitos, o que nos evitará a sobrecarga e as bandeiras restritivas. Vamos levar adiante essa pauta, solicitando ao governo do Estado um cronograma de ações que viabilizem esta habilitação dos leitos. Seguiremos com nosso Fórum, em cima das iniciativas que nos tragam a retomada da economia para que o RS não seja penalizado ainda mais”, concluiu Polo.

Fonte/Portal O Sul

%d blogueiros gostam disto: