Rio Grande do Sul aumenta em cerca de 67% a capacidade de UTIs que atendem pelo SUS

O governo do Estado confirmou nesta quinta-feira (18) que, desde o início da pandemia, o número de leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) para adultos aumentou 66,8%. Até o momento, foram estruturadas 624 vagas destinadas para o atendimento pelo Sistema Único de Saúde (SUS), totalizando 1.557. Além disso, outros 33 leitos estão prontos e aguardam habilitação pelo Ministério Saúde para começarem a operar. Com isso, o Rio Grande do Sul somará 1.590 vagas em UTIs públicas, alcançando uma ampliação de 70,4% da capacidade.

O governador Eduardo Leite afirmou, em transmissão pela internet, que a expansão dos leitos se faz mais necessária agora não só por conta da covid-19, mas também pela chegada do inverno, que, normalmente, gera uma maior procura por atendimento médico.

— Essa ampliação tem o objetivo de evitar um colapso no sistema público de saúde e impedir que pessoas morram sem chance de serem atendidas, como, infelizmente, vem ocorrendo em outros locais. Além disso, vai ser fundamental para atendermos à demanda que começa agora, com as doenças respiratórias comuns ao inverno, além dos casos de covid-19 — destacou Leite.

Logo que pandemia do coronavírus iniciou, a expectativa do governo do Estado era ampliar em pelo menos 60% o número de leitos de UTI para atendimento de pacientes do SUS.

Fonte/GauchaZH

%d blogueiros gostam disto: