Preso em operação da Polícia Federal, prefeito de Rio Pardo renuncia ao cargo

Preso desde o dia 27 de maio junto ao Complexo Prisional de Canoas, na região Metropolitana, o prefeito afastado de Rio Pardo, Rafael Reis Barros (PSDB), renunciou ao cargo nesta terça-feira. O pedido de renúncia foi protocolado na Câmara pelo advogado, Ezequiel Vetoretti, ainda nesta manhã.

Com isso, assume o cargo em definitivo a vice-prefeita Rosane Luiza Vaz Rocha (PTB), que estava no comando da Prefeitura de forma interina desde o fim de maio. Barros é um dos alvos da Operação Camilo, da Polícia Federal, que revelou irregularidades em contratos na área da saúde no município com desvios estimados em pelo menos R$ 15 milhões.

A renúncia do prefeito afastado ocorreu uma semana após a Câmara de Vereadores autorizar a abertura de um processo de impeachment contra ele por quebra de decoro. “Diante das acusações que recaíram sobre minha pessoa, no bojo da Força-Tarefa da Polícia Federal denominada ‘Operação Camilo’ e, considerando o grande respeito e carinho que tenho pelo Povo de Rio Pardo, renuncio ao mandato de Prefeito Municipal desta cidade, para que assim eu possa dedicar toda a atenção e preocupação em prol da minha defesa, para ao fim demonstrar que as acusações não retratam a verdade e estão amparadas em meras conjecturas”, disse o prefeito em documento enviado à Câmara.

Fonte/Correio do Povo

%d blogueiros gostam disto: