Junho tem o maior número de focos de queimadas na Amazônia dos últimos 13 anos, segundo o Inpe

As queimadas no bioma Amazônia aumentaram em junho de 2020, chegando a 2.248 focos ativos, contra 1.880 no mesmo mês ano passado, de acordo com dados do Programa Queimadas do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), gerados com base em imagens de satélite. É o maior número observado para o mês desde 2007 (3.519).

O Inpe realiza medições desde 1986, após ter realizado um experimento de campo em conjunto com pesquisadores da Nasa. O sistema, porém, foi aperfeiçoado em 1998 após a criação de um programa no Ibama para controlar as queimadas no país. Os dados da série histórica estão disponíveis desde junho de 1998.

Fonte/G1

%d blogueiros gostam disto: