Internações por síndrome respiratória aguda grave confirmadas para Covid-19 aumentam 55% no estado

O número de internações por síndrome respiratória aguda grade (SRAG) confirmadas para coronavírus no Rio Grande do Sul aumentou 55% entre as duas últimas semanas, passando de 320 para 496, conforme dados divulgados pelo governo do estado.

Já entre o internados em UTI por SRAG, o aumento foi de 2,7% no mesmo período, passando de 365 para 379.

SRAG é uma doença respiratória grave que exige internação e é causada por um vírus, seja ele coronavírus, influenza ou outros. Saiba abaixo como identificar os sintomas de diferentes doenças respiratórias.

Os casos são relatados pelos hospitais ao Ministério da Saúde, e a Fiocruz consolida e divulga esses dados pela plataforma Infogripe.

Conforme boletim estadual, desde o início da pandemia, 2,19 mil pessoas deram entrada em hospitais com sintomas respiratórios, e confirmaram para Covid.19. Destas, 350 evoluíram para óbito até o último dia 13. No total, 1.438 pessoas já morreram com diagnóstico SRAG no período.

Fonte/G1

%d blogueiros gostam disto: