Hospitais gaúchos começam a receber um lote de 100 respiradores artificiais enviados pelo Ministério da Saúde

Na quinta-feira (18), o governo do Rio Grande do Sul começou a distribuir a diversos hospitais do Estado um lote de 100 respiradores artificiais enviados pelo Ministério da Saúde. Fundamentais para o tratamento de pacientes internados por causa do coronavírus, os equipamentos são utilizados em casos graves da doença, nos quais há dificuldade para respirar naturalmente.

Ao todo, são 35 respiradores de transporte, que ajudam na manutenção da vida do paciente até ser transferido para outro respirador, mais 65 do tipo “beira-leito”, utilizados em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva). O destino do lote são 38 hospitais da região Metropolitana de Porto Alegre e Interior do Estado.

“O envio desses equipamentos tão importantes para garantir o atendimento à população é um reforço à nossa rede hospitalar”, frisou o governador Eduardo Leite. “Não podemos deixar de salientar e de agradecer ao Ministério por esse suporte.”.

“Temos uma grande demanda, mas entramos em contato com os hospitais e mapeamos aqueles que já têm camas e os monitores, para que os leitos possam ser instalados”, acrescentou a secretária da Saúde, Arita Bergmann.

Fonte/Portal O Sul

%d blogueiros gostam disto: