Grêmio aguarda retorno de Matheus Henrique e garante apoio a Jean Pyerre

Dentre tantos desfalques que o Grêmio teve no empate com o Ceará, dois deles tiveram suas ausências explicadas pelo técnico Renato Gaúcho. O volante Matheus Henrique ainda não está 100% recuperado de um desconforto muscular na coxa esquerda, enquanto o meia Jean Pyerre enfrenta um problema familiar.

A dupla, bem como boa parte do time titular, ficou fora da viagem a Fortaleza, onde o Grêmio ficou no 1 a 1 com o Ceará, na noite de quarta-feira, pela segunda rodada do Brasileirão. Matheus até tentou estar apto para a partida, porém foi vetado pelo comandante após os treinos de segunda e terça.

– Falei com o Matheus, que queria muito vir na viagem. Mas observei no treino. Ele não sente a lesão, mas não está com a confiança necessária, aí preferi deixá-lo (em Porto Alegre). (Nesta quinta) Tem a revisão médica e vou conversar para ver como se encontra, se tem condições no próximo jogo – disse Renato.

Apesar de treinar normalmente, Jean passa por um problema familiar, razão pela qual não foi relacionado para o jogo no Nordeste. O técnico entende que o jogador poderia perder o foco para atuar, mas garante o apoio psicológico do clube.

– (Jean) Infelizmente tem o problema particular. Há dois dias apareceu para treinar, é importante se distrair, treinar, para não perder a forma. Não posso colocar ele com problema de família, não vai estar concentrado, que é normal para o ser humano. O clube tem dado bastante apoio. Vamos falar, saber as condições psicológicas e ver se posso contar com ele. Mas é um momento delicado – ressaltou.

O empate diante do Ceará deixou o Grêmio na terceira colocação do Brasileirão, com quatro pontos. No próximo sábado, o Tricolor recebe o Corinthians, na Arena. A partida está marcada para as 19h.

Fonte/G1