Governo deve anunciar nesta sexta antecipação de reabertura de cinemas e teatros em SP para cidades na fase amarela

O governo de São Paulo deve anunciar nesta sexta-feira (3) a antecipação da autorização de reabertura de teatros, cinemas e salas de espetáculo para municípios que estejam na fase amarela do plano da gestão João Doria (PSDB) de flexibilização gradual da quarentena no estado.

Antes, a autorização para esses espaços culturais só estava prevista para cidades que estivessem na última fase do plano, a azul, que é a mais permissiva. Os representantes do setor devem se reunir na próxima semana para apresentar os protocolos sanitários para a reabertura.

Plano São Paulo

Para começar a reabertura do estado em 1º de junho o governo dividiu o território de acordo com as 17 Divisões Regionais de Saúde (DRS). A Grande São Paulo foi subdividida em outras 6 regiões, uma para a capital e outras 5 para cada grupo de cidades da região metropolitana. A flexibilização da quarentena é feita de modo diferente em cada uma dessas regiões.

Os cinco critérios que baseiam a classificação das regiões são: ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs); total de leitos por 100 mil habitantes; variação de novas internações, em comparação com a semana anterior; variação de novos casos confirmados, em comparação com a semana anterior; variação de novos óbitos confirmados, em comparação com a semana anterior.

Esses critérios definem em qual das cinco fases de permissão de reabertura a região se encontra:

  • Fase 1 – Vermelha: Alerta máximo
  • Fase 2 – Laranja: Controle
  • Fase 3 – Amarela: Flexibilização
  • Fase 4 – Verde: Abertura parcial
  • Fase 5 – Azul: Normal controlado

De acordo com a fase cada região pode liberar a abertura de diferentes setores da economia fechados pela quarentena. Veja na tabela abaixo o que pode abrir em cada etapa:

Fonte/G1

%d blogueiros gostam disto: