Governador gaúcho destaca “necessidade de compatibilização” entre a preservação da saúde e a atividade econômica

O governador Eduardo Leite participou, na manhã desta quinta-feira (25), de uma reunião virtual da Câmara Brasil-Alemanha no Rio Grande do Sul. O combate ao coronavírus e a retomada econômica pós-pandemia foram os principais assuntos do encontro, que contou com a participação do cônsul-geral da Alemanha, Thomas Schmitt, do presidente da Câmara Brasil-Alemanha, Marcus Coester, e do presidente da Stihl Brasil, Cláudio Guenther.

“Aproveito este momento para reforçar a necessidade de compatibilização entre a preservação à saúde e o melhor equilíbrio com a atividade econômica. É isso que propõe nosso modelo de Distanciamento Controlado: uma maneira de aplicarmos restrições mais rígidas onde, quando e na proporção que forem necessárias”, explicou Leite.

Segundo ele, o governo do Estado, desde o começo, trabalha para reduzir o impacto do ponto de vista econômico. “O Poder Público precisa trabalhar com as duas frentes. Se não tivermos cuidados do ponto de vista sanitário, as pessoas se sentem inseguras e, consequentemente, investidores e consumidores sentem que pode ser arriscado investir ou fazer uma compra naquele momento, por não saber o que pode vir a ocorrer no futuro”, disse Leite.

Para a retomada do crescimento econômico pós-pandemia, Leite citou o processo de privatizações de empresas estatais e de concessões de rodovias, que estão em andamento. “Aposto muito neste caminho como forma de estímulo de investimentos privados e de movimentação da economia”, afirmou.

Fonte/Portal O Sul

%d blogueiros gostam disto: