Detran-RS lança site de peças usadas legalizadas

O DetranRS lançou nesta segunda-feira (4) o site oficial “Peça Legal”, que possibilita a consulta de peças usadas disponíveis para compra nos Centros de Desmanche de Veículos (CDVs) credenciados. A ferramenta de busca reúne o estoque cadastrado e permite pesquisas por tipo de veículo (carros, motos, caminhões, ônibus e outros), pelo nome da peça que o cidadão procura e também pelo modelo de veículo. O serviço pode ser acessado via site do DetranRS, ou no endereço www.detran.rs.gov.br/pecalegal.

As peças comercializadas pelos estabelecimentos têm rastreabilidade de origem e respeitam critérios técnicos de segurança e normas ambientais. Além disso, adquirindo peças usadas com garantia de procedência lícita, o cidadão contribui diretamente para a queda dos índices de furto e roubo de veículos com fins de desmanche, pois as peças disponíveis nos CDVs têm origem legal comprovada.

“Um criterioso trabalho é realizado pelos CDVs, sob o controle do Estado por meio do DetranRS, desde a compra de veículos e sucatas para desmonte, até a seleção das peças realmente seguras para comercialização, dando destinação adequada à frota em final de vida útil, de forma sustentável”, explica o diretor técnico do DetranRS, Fábio Pinheiro dos Santos.
O site foi desenvolvido pela Procergs em parceria com a Divisão de Desmanches do DetranRS, e apresenta-se acessível e intuitivo. Hoje o cidadão terá acesso à consulta de oito milhões de peças cadastradas nas empresas credenciadas, que estão localizadas em diversos municípios do Estado.

Regularização do desmanches:

O Rio Grande do Sul foi o primeiro Estado do Brasil a credenciar as empresas de desmanches. O processo começou em março de 2011, para regularizar as atividades de desmanches, comércio de peças usadas e reciclagem de sucata veicular. O efetivo credenciamento se concretizou em 2015. O sistema estadual de desmanches também tem o objetivo coibir furtos e roubos de veículos. Atualmente, já são mais de 420 CDVs credenciados pelo DetranRS.

Os indicadores criminais da Secretaria de Segurança Pública mostram redução nas ocorrências de furto e roubo de veículos a partir de 2015:

“O controle maior dessa atividade por parte do Estado impacta na redução do índice de furtos e roubos. Em 2020, seguem significativas as reduções nos índices de criminalidade e o consumidor que utilizar esse serviço terá certeza de que estará contribuindo com isso, adquirindo uma peça de procedência legal e com condições para circular”, destaca Ranolfo Vieira Júnior, vice-governador e secretário da Segurança Pública.