Dentista, nutricionista e marido de juíza estão na lista do TCU por receber auxílio emergencial no RS

A nutricionista Letícia Roman Guzzo, de Tapejara, no Norte do RS, aparece como beneficiária do auxílio emergencial, cujo valor, de R$ 600, equivale a cerca de seis consultas na clínica da qual ela é sócia.

Um relatório do Tribunal de Contas da União (TCU) mostra que mais de 620 mil pessoas, inclusive mortos, constam em uma lista de beneficiários que não têm direito ao valor, destinado a trabalhadores em dificuldades devido à pandemia do coronavírus.

Nas redes sociais, Letícia, casada com um médico, aparece em lugares requintados, em cruzeiros de navio e visitando cidades europeias, como Paris e Barcelona. Mas ao ser questionada pela reportagem da RBS TV sobre o auxílio, não quis gravar entrevista.

Depois da tentativa de contato, mandou uma mensagem alegando que pediu auxílio por engano e que devolveu o dinheiro.

Já em Nova Roma do Sul, na serra gaúcha, uma dentista também está recebendo o benefício. Aline Scapinello tem fotos em uma rede social em que aparece em cidades como Angra dos Reis, Arraial do Cabo e Rio de Janeiro. Ela não quis gravar entrevista com a RBS TV,mas disse que iria devolver o dinheiro.

Aline ingressou na Justiça com pedido de censura prévia para evitar que seu nome fosse divulgado, o que foi negado.

Já a comerciante Ana Paula Brocco, de Espumoso, Norte do RS, conseguiu suspender a veiculação da reportagem por algumas semanas, por liminar. Na sexta-feira (26), a decisão foi derrubada.

Ana Paula está de casamento marcado na praia de Punta Cana, no Caribe. Um site mostra o destino da cerimônia. Ela mora com o noivo, que em janeiro recebeu um prêmio de R$ 50 mil de um banco. Mesmo assim, a comerciante recebeu o auxílio.

À reportagem, ela confirmou que recebia o valor, e disse que não é uma pessoa de posses. Questionada sobre se faria sentido alguém com casamento marcado no Caribe se enquadrar como pessoa de baixa renda, ela desligou o telefone.

Fonte/G1

%d blogueiros gostam disto: