Chuva forte causa estragos, alagamentos e bloqueio de rodovias no RS

A chuva que atinge o Rio Grande do Sul causou alagamentos, estragos e bloqueio de rodovias no estado. Segundo o boletim da Defesa Civil, divulgado no começo da manhã desta quarta-feira (8), 276 pessoas estão desabrigadas e outras 64 desalojadas.

O mau tempo ainda causou a morte de uma pessoa em Caxias do Sul. Um homem morreu após ficar soterrado devido ao deslizamento de uma encosta na casa da família.

Em Porto Alegre, no começo da manhã desta quarta havia 63 pontos da cidade com bloqueio total ou parcial por acúmulo de água, segundo informações da Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC). As zonas Sul e Norte são as mais afetadas.

Segundo a Defesa Civil, o Rio do Sinos, o Rio Caí e o Rio Gravataí estão subindo bastante por causa da chuva e já estão em alerta.

Em São Sebastião do Caí, o rio chegou a 11,6 metros e já é considerado inundação porque já está acima da vala do rio que é de 10 metros. A água está subindo 22 centímetros por hora e a Defesa Civil está retirando 65 famílias.

A grande preocupação é sobre o nível do rio na cidade de Feliz que está com 9,55 metros e o normal é 7,55. Essa água vai chegar em São Sebastião do Caí, e devido a diferença do nível, a Defesa Civil acredita que chegue a mais de 13,5 metros. Todas as famílias que podem ser atingidas estão sendo retiradas de suas casas.

Em São Leopoldo, choveu 83mm e um barranco caiu em cima de uma casa na Rua Travessa Armagedom, no bairro Cohab Duque. A casa era pequena e o barranco destruiu todo o lado de uma das paredes da residência. A família está abrigada na casa de parentes que moram ao lado. Ninguém ficou ferido.

Segundo o Corpo de Bombeiros Voluntário de Igrejinha, cerca de 50 famílias foram retiradas de casa na madrugada desta quarta. A cidade está com diversos pontos alagados. Os bairros que apresentam mais danos são Vila Nova, 15 de novembro, Figueiras, Cohab, Morada Verde e parte do Centro.

Até o início desta manhã, os bombeiros já haviam recebido 130 chamados. Foi montado um abrigo junto com a prefeitura e a Defesa Civil da cidade. Até o momento, todas as famílias desalojadas preferiram ficar em casas de parentes.

Bloqueios em rodovias

Rodovias federais

  • Divisa de Veranópolis-Bento, km 193 da BR-470, na ponte, permanece bloqueio total, devido a alagamento.
  • Bento Gonçalves, Km 202 BR470, interrupção parcial, devido a queda de barreira.
  • São Marcos, BR-116, km 129,5, bloqueio total por queda de barreira, sem previsão.
  • Caxias do Sul, BR-116, km 154, parcialmente interrompido (queda de barreira).
  • Caxias do Sul, BR-116, km 165, parcialmente interrompido (queda de barreira)

Rodovias estaduais

De acordo com o levantamento do Comando Rodoviário da Brigada Militar, em Cruz Alta tem bloqueio total da RSC-377 por causa da ponte que cedeu no km 105. Na ERS-324, em Marau, o bloqueio também é total por causa do acúmulo de água na pista.

Ainda teve problema de acúmulo de água e queda de barreira em Casca, Boa Vista do Sul e Muçum. Na ERS-448, em Farroupilha, o asfalto cedeu e a pista foi interditada no km 36. O desvio é por Antônio Prado.

Rodovias estaduais em São Vendelino, Carlos Barbosa e Bento Gonçalves também apresentaram problemas.

Fonte/G1

%d blogueiros gostam disto: