Bombril é acusada de racismo por relançamento de produto dos anos 50

A marca Bombril foi acusada de racismo por relançar um produto da década de 50 com o nome original: uma esponja chamada Krespinha.

Durante a manhã, a ação fez com que a hashtag #BombrilRacista entrasse nos assuntos mais comentados do Twitter. Na propaganda do produto de sete décadas atrás, o artigo foi ilustrado ao lado de uma criança com cabelos crespos.

Depois da repercussão negativa, a empresa tirou a novidade do catálogo do site. . Na tarde, do dia 17, a Bombril publicou um comunicado oficial:

Fonte/Veja

%d blogueiros gostam disto: